Postagem em destaque

VOTE AGORA!!! SUPERCAMPEONATO - VOTE AGORA PARA DECIDIR O SUPERCAMPEÃO

VOTE AGORA!!! Tem um título em jogo e você poderá decidir o quem será o supercampeão do Concurso de Enredos 11!!! Confira os 5 e...

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!
Gostou de uma ideia, Clique na lâmpada e leia a nossa recomendação!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Encarando o resultado final

E sobre reclamações, repito em parte vamos encontrar razão, em outra parte vamos encontrar calor do momento.

Encarar o resultado final, as notas, as justificativas, pode ser como se olhar e se encontrar com um espelho. Dura realidade? Exageros? Distorções? Podemos encontrar de tudo...


Isto é um processo comum e não deve ser encarado com demérito, é uma reação comum. Tendemos a demorar para aceitar determinadas críticas, vai demorar um pouquinho para assimilarmos uma parte delas. Tem determinados casos que umas críticas só faram sentido daqui uns meses, pode levar muito tempo, depende de cada caso.
Poderemos em parte também encontrar injustiças, faz parte do jogo e disto podemos buscar tirar lições e melhorar. Encaminhar para os jurados, ver o que se pode fazer.
Destaco que tudo é um jogo complexo, subjetivo, tem muita coisa complicada nisto tudo. Muita calma na hora da derrota!
Mas sem medo de errar! Quem cresce neste jogo é quem souber tirar lições das derrotas.
E quem prefere enganar a si próprio e se convencer que tudo é culpa da Organização e jurados, estará condenado a eterna estagnação.


E se alguém acha que o Concurso de Enredos está estagnado e o discurso não convêm com a prática. E só olhar na nossa fórmula de disputa que mudou em função o julgamento. Criticam bastante a fórmula, mas é só observar que em concurso de enredos 7 e 9 os jurados recebiam mais de 30 enredos para julgar e hoje o máximo que receberam foram 12.
Ironicamente tivemos casos de jurados que foram mais elogiados quando julgaram 30 enredos... Mas isto em nada deve se culpa da organização.
Ainda destaco, que o grupo principal todos os jurados já tinham sido experimentados, não tivemos nenhum estreante. Nenhum pela primeira vez na história, 100% dos jurados já eram conhecidos, não tinha nenhum caso de "experimentação".
A organização trabalhou muito para entregar o melhor e está consciente que entregou o melhor. Tivemos problema com alguns casos, mas tudo dentro do que compõe um grupo de 672 notas.
Exatamente foram 672 notas que foram lidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores