Postagem em destaque

VOTE AGORA!!! SUPERCAMPEONATO - VOTE AGORA PARA DECIDIR O SUPERCAMPEÃO

VOTE AGORA!!! Tem um título em jogo e você poderá decidir o quem será o supercampeão do Concurso de Enredos 11!!! Confira os 5 e...

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!
Gostou de uma ideia, Clique na lâmpada e leia a nossa recomendação!

terça-feira, 28 de julho de 2015

Hoje escreveram uma mensagem - Já posso enviar o meu enredo para o Oitavo Concurso?

Nós não paramos!
Terminou o prazo para o Oitavo Concurso, não é preciso perguntar, nós já estaremos recebendo enredos para o nono concurso.
Terminado o prazo de entrega do nono concurso de enredos, já estaremos recebendo enredos para o DÉCIMO CONCURSO DE ENREDOS 
CONCURSO DE ENREDOS

ENVIAR ENREDOS ATÉ 1 DE AGOSTO

Para ficar bem claro até 6h da manhã de 2 de agosto.

6h e 1 minuto em diante já é NONO CONCURSO.

terça-feira, 21 de julho de 2015

O ser humano vive de sonhos...

E esse foi mais um sonho de carnaval!

9
Vermelho
98,6
9
A roda de samba
98,6
9
BERIMBAU
98,6
10
OITAVO CONTINENTE
98,5
10
Viagem encantada
98,5

A melhor definição desde enredo é essa, este foi mais um sonho de carnaval. A Viagem Encantada considerei fora de qualquer disputa no momento que bati o olho, é uma tema extremamente já tratado, esse enredo regional de pontos turísticos já passou uma infinidade de vezes, é muito pouco para cogitar ganhar um concurso de enredos. 



Para ir bem, era necessário conseguir algo que diferenciasse esse enredo, tirasse ele de um caminho extremamente previsível.  

O destaque positivo do enredo é que está bem escrito, o autor sem dúvidas poderá em outras oportunidades se escolher um tema melhor conseguir um resultado mais satisfatório do que o obtido nesta edição.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Realiza seu trabalho político, de acordo com o a real significação deste.


11
A filha da esperança
98,3

Confesso que esse enredo poderia ficar um pouco melhor colocado, surpreende esse enredo ficar na posição “amarela” fora do top 10, dava para ter ficado na frente de outros enredos aí. Mas essa posição não é difícil de entender quando observamos que o enredo perdeu 0,8 em Obrigatoriedades, sem isso teria conseguido voltar no sábado dos campeões e até ficado na faixa de premiação. Mas não adianta, estamos em um concurso, temos um regulamento é importante sim valoriza-lo. Quem quer disputar precisa se adaptar, fazer uma mínima adaptação. Não é pegar algo já pronto, entregar e achar que deve ser campeão. O regulamento do concurso de enredos serve para todos e deve ser aplicado igualmente para todos, sem exceções.




Marina é um enredo muito bem escrito, tem ótimas passagem, não é uma homenagem exagerada, mas é um tema que seria, de qualquer maneira, muito difícil de passar sem tirar totalmente o gosto de ser um enredo panfletário. 

 Maria Silva hoje é uma personalidade muito distante daquela “filha da esperança” de anos atrás, hoje é uma personalidade extremamente polêmica. É a filha da esperança para uns, mas também é considerada uma traidora dos pobres e uma vendida para as elites para outros. Difícil lidar com esse enredo, sem tomar uma posição.

CLIQUE PARA REVER O ENREDO SOBRE MARINA SILVA

Obàtálá apreensivo com tal responsabilidade


11
OBÀTÁLÁ
98,3

Todo enredo afro sempre deve ser observado atentamente e respeitado, tudo por estamos em uma festa de cultura brasileira e negra.


Mas apenas isso não é sinônimo de sucesso, ainda mais em um concurso de enredos tão disputado. Obátála é um bom enredo, mas pega um tema de imensa responsabilidade e inevitável comparação com Beija-flor 1978 e Mocidade Alegre 2003.

Clique para rever o enredo


um vagalume percorrerá algumas


12
Vagalume
98
Vagalume foi um enredo simpático, depois do lançamento de enredo criou-se muita expectativa, o enredo chegou até ser cotado para o campeonato.
Mas infelizmente, o enredo na sua exploração temática cometeu alguns pecados. Foi limitado demais praticamente adotar a estratégia de um setor para uma obra somente. Seria exigir demais que as mais de 70 obras da coleção fossem retratadas, mas não se esperava que a opção tomada fosse pegar setores inteiros para praticamente mostrar um único livro somente. Foi aí que o enredo começou a ficar fragilizado.


Outro ponto crítico contra esse enredo foi a organização entre alas e carros. Vagalume optou por uma divisão de setores em que faziam parte do mesmo setor as alas de um livro junto com a alegoria de outro livro. Decisão bastante equivocada, que complicou bastante na leitura do enredo.

CLIQUE PARA REVER VAGALUME 

quarta-feira, 15 de julho de 2015

E a feira foi se criando...e crescendo


13
É dia de feira!
97,9


O autor do enredo no geral está crescendo, se observa uma evolução de uma edição para outra. Precisa organizar melhor as ideias, talvez mais tempo para pensar e tratar o que deseja apresentar.

Um exemplo que ilustra isso foi o ótimo video que trouxe nas vésperas da apresentação do seu enredo. Se tivesse trazido mais esse clima do video teria ido muito mais longe do que foi. 

domingo, 12 de julho de 2015

Decretava luto de quatro dias em respeito ao falecido


14
Winston Churchill
97,4

Winston Churchill tem uma ousada tentativa de apresentar com um enredo contando de trás para frente. Isso é sem dúvidas algo especial que marcou essa apresentação.

Um desfile de funeral com um imenso destaque a morte do homenageado, com seus instantes finais descritos nos mínimos detalhes. 

Porém, está longe desse enredo agradar. Existe um destaque imenso para morte e questão bélica, acaba sendo um enredo fúnebre, que descreve em câmera lenta a agonia da morte de uma pessoa. Para completar como se esse começo mórbido não fosse suficiente, um outro setor é poder bélico e gás venenoso. Tudo isso falado de um personagem estrangeiro em que a ligação feita pelo autor no final foi de maneira batida terminar em carnaval...  Isso foi abusar de errar a mão. 

Sobre a colocação obtida por esse enredo, 14º lugar, ficou realmente onde deveria ficar, não dava para ganhar de mais nenhum enredo. 

O meio tempo entre a total perdição da humanidade



15
“Há 10 mil anos atrás”
95,5



Não é a primeira e nem será a última tentativa de trazer uma música e transforma-la em enredo. E a lição desse enredo apresentado é que é necessário fazer as devidas adaptações, não dá para pegar qualquer música e seguir a risca como ela está ordenada, pode ser necessário fazer adaptações, e neste caso, era vital fazer muitas adaptações.

Essa música é totalmente sem cronologia e de interpretação nem um pouco simples, o resultado foi que esse enredo passou de maneira completamente insana, confusa, perdida!


Poucos enredos foram tão perdidos, uma total “perdição da humanidade”. O que mais complicou é que o autor não foi feliz, não conseguiu deixar claro a proposta, não relevou com mais destaque a sua visão ,a sua interpretação da música. Acabou que ninguém entendeu, ficou um samba do carnavalesco "maluco beleza". 

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Minha escola vem aí, é beleza sem igual


16
Jóias
88,6

Sempre quando pude falar sobre esse enredo destaquei se o autor queria apresentar, pelo menos, uma boa ideia para enredo conseguiu.

Joias renderiam um desfile bonito plasticamente, fornecem ótimas soluções para figurinos, decoração de alegorias seriam infinitas. Esse foi um ótimo tema enredo mostrado, infelizmente não tão bem desenvolvido e nem bem apresentado. O autor jogou um tema fora com imenso potencial, acreditem! Dava pagar ganhar! Bem pesquisado, bem amarrado, esse tema tem potencial! 


Infelizmente joias foi mais um enredo incompleto que acabou sendo baste penalizado por isso. Além de que tem um erro na exploração, querer falar de petróleo com tanta pedra preciosa para brilhar. 

Vamos ver se alguém ainda um dia trás esse tema e apresenta com mais capricho. 

Enquanto isso clique para rever JÓIAS


Tupã o Deus maior teve piedade dos dois amantes

Mas um concurso com enredos incompletos não tem piedade. O regulamento é duro, enredo sem roteiro, não tem muito o que avaliar.
17
A LENDA DE ZABELÊ
86,9

Foi apresentada uma bonita história de amor, mas que não saiu para nós de um bom texto, mas que ficamos nos perguntando como o autor iria apresentar essa história. Como seriam apresentados as alas, as alegorias? Que ideias teria para desenvolver? Quais seriam os tópicos abordados?
Ficou vago e difícil de disputar em condições de igualdade com os demais enredos.




Reveja ZABELE <= basta clicar para rever. 

Vale observar que como parte do espetáculo, mesmo enredos incompletos são válidos. Zabelê pode ter ficado entre os últimos lugares, mas representou mais um sonho de carnaval que pudemos conhecer, isso só engrandece o concurso. 

Como campeão ou entre os últimos, não tenha medo de partilhar o seu sonho de carnaval. 

terça-feira, 7 de julho de 2015

ENLOUQUECIA POR CAUSA DO MEU ÁVIDO DESEJO DE CONSUMO


                                         A CRIOULA IMPERATRIZ DE FRANÇA - CLIQUE PARA REVER O ENREDO de um autor que até prefiro nem citar o nome, já que assim poderei falar bem do que foi essa participação vergonhosa!

18º
A CRIOULA IMPERATRIZ
79,8

Falando do enredo foi um enredo cotado para o campeonato. Realmente tinhas suas chances, embora tivesse alguns erros bem evidentes que complicariam, como uma apresentação em um amador capslock, uma sinopse que a homenageada narrava, mas que aparecia de fato no enredo apenas no terceiro setor. Mas tirando os erros, foi um enredo que agradou muita gente, geralmente boas trajetórias de mulheres com histórias marcantes dão ótimo resultado e esse enredo sem as penalidades ficaria com o vice-campeonato e de maneira isolada.

Napoleão perdeu a guerra esquecendo da retaguarda. O autor também cometeu esse mesmo erro, achou que poderia avançar de qualquer maneira e acreditou que não ficaria desprotegido com uma ação ilegal. 
Mas o ávido desejo de vitória do autor não permitiu isso. O autor desejou trapacear e foi pego. E o resultado está aí, quem trapaça não é digno de estar entre os grandes é digno do rebaixamento.

A organização fica dividida sobre esse caso, alguns momentos foram digno de pena, ver alguém fazer um bom trabalho, mas fazer o que fez... Por outro lado, perdemos total pena do autor, frente a sua arrogância, desrespeito com demais membros, seu veneno, se mostrou uma pessoa difícil e não confiável. Uma pessoa que queremos total distância, estamos aqui para fazer crescer as coisas, estamos aqui para compartilhar ideias e sonhos de carnaval, não queremos pessoas que só plantam coisas ruins por onde passam.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Deus te cura, Deus te guarda Adeus Barra Funda

7
príncipes
99
7
A menina dos meus olhos
99

Da criação da terra aos príncipes celestiais. Vem do reino dos céus a luz que chega até você! e A menina dos meus olhos ficaram em sétimo lugar, mas se retiraram do Concurso foram dois bons enredos mas não se destacaram frente a safra forte dessa edição.


Poucos foram bobos nessa edição e pequenos erros em um concurso tão equilibrado e disputado foram fatais e deixaram esses dois enredos de fora da lista de premiação.
Cabe dizer, que o autor ainda receberia o seu troféu pelos enredos, se não tivesse se retirado. Pois os autores do Averci desistiram, o suplemente automático seria Fábio Cardomingo.

Esse enredo foi considerado religioso, não bem contextualizado, fragmentado com trechos confusos e apresentação regular. O autor pegou um tema complicado, teria que encadear e lidar com uma porção de elementos com ótima precisão para escapar de todas as armadilhas que um tema assim possui.

Amenina dos meus olhos CLIQUE PARA REVER

Um belo tema enredo, mas de exploração temática regular. Faltou delimitar melhor os setores, selecionar melhor os tópicos que seriam abordados, era um enredo que deveria apelar mais para emoção, para sensibilizar, mas dessa menina não saíram lágrimas, saiu um bom tema enredo, um bom enredo, mas sem grandes emoções. Isso foi fatal! O autor não soube usar os trunfos que tinha para utilizar.

Marcadores