Postagem em destaque

VOTE AGORA!!! SUPERCAMPEONATO - VOTE AGORA PARA DECIDIR O SUPERCAMPEÃO

VOTE AGORA!!! Tem um título em jogo e você poderá decidir o quem será o supercampeão do Concurso de Enredos 11!!! Confira os 5 e...

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!
Gostou de uma ideia, Clique na lâmpada e leia a nossa recomendação!

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Ganhamos um prêmio de 1000

Uma pessoa que pediu para não ser identificada ofereceu para o concurso um prêmio do 1000.

Agora a organização pede para todos os interessados comparecer no grupo do face para decidir como será a distribuição desse prêmio.

De inicio será 500 reais para o SEXTO CONCURSO.
500 reais para o SÉTIMO CONCURSO.

Disso vamos decidir se o Campeão leva os quinhentão ou como isso será dividido. Vice, terceiro, quarto, quinto, sexto, sétimo, oitavo...


terça-feira, 14 de outubro de 2014

DATAS agora é oficial: SÉTIMO CONCURSO


LIMITE PARA ENTREGA DOS ENREDOS: 15 de Março
Julgamento dos jurados: Entre 18 de Março e 18 de Abril
Apuração: Domingo, 3 de Maio de 2015.

Mudanças para o sétimo concurso:

Vamos ter algumas pequenas mudanças, já aceitamos enredos, mas recomendamos aguardar a apuração, pois somente depois dela é que definiremos totalmente os rumos do SÉTIMO CONCURSO.

A principio serão novas recomendações para sinopse e desenvolvimento para participantes e jurados. Diria que vamos exigir mais dos enredos, embora sempre iremos aceitar enredos de todos os tipos e níveis.

E desde já, não esqueça de acompanhar a apuração do sexto concurso 16/11, além do desfile dos Campeões no dia 22/11, na sexta 21/11 teremos a noite dos que não foram. Essas noites serão vitais para debater sobre o concurso que virá.



Apuração do SEXTO CONCURSO DE ENREDOS

CONFIRMADÍSSIMO:

16 DE NOVEMBRO, DOMINGO, 4 HORAS DA TARDE.

Como serão 21 enredos, a apuração será dividida em três partes para os participantes acompanharem com mais calma. Assim ninguém precisará ficar 4 horas acompanhando para saber as suas notas,

Entra no horário das suas notas, pode sair para tomar um café, descansar e depois voltar na etapa final.


Sistema de apuração:

Comissão de obrigatóriedades + 4 primeiros quesitos.

16h Enredos do Sábado
17h Enredos do Domingo
18h Enredos da Segunda
19h Apuração Final do último quesito, já separada por posição.



Venha brincar de jurado

Vamos fazer um concurso não-oficial.
Além do oficial com os 7 jurados que já estão julgando teremos o concurso NÃO-OFICIAL, Em que vamos eleger o campeão dos participantes.

Para participar é fácil entre no grupo do face e baixe a tabela de apuração, julgue os enredos pelo site.
Preencha a tabela com as notas, as justificativas em um arquivo em word.
E nos envie por e-mail: abacateazul@yahoo.com.br

DATA PARA JULGAR: Entre 16 de outubro e 10 de NOVEMBRO.

As notas do seu enredo serão 10. Mas se você quiser dar nota 9 para você mesmo não vamos rejeitar...

Essa é uma maneira de fazer os participantes serem julgadores, interagir com os demais enredistas e trocamos ainda mais experiencias.

As notas e justificativas serão divulgadas no site depois da apuração oficial.

E repetimos essas notas são de um concurso NÃO-OFICIAL, essa brincadeira não influencia no resultado DO SEXTO CONCURSO DE ENREDOS, é um mini-concurso em separado.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Enredo 21 - O homem no espelho

                



    Enredo: Tony Mancini

                               Justificativa

Mais importante que todas as polemicas da vida de Michael Jackson, está sua obra, canções que falam de garotas, brigas, mentiras, terror, desigualdade, mensagens que trazem algum significado para muita gente ou apenas musicas para dançar para outros. Como qualquer ser humano que passe por diversas fases, tanto boas como ruins na vida, sua obra refletia todo esses momentos, letras que falam tanto de saudade como de medo ou revolta, traçam o perfil de um artista sensível ao mundo a seu redor, sensível em seu mundo particular.
A obra do cantor é extremamente visual, seu estilo próprio faz de cada musica uma obra única. Mostrar parte do trabalho do cantor de forma carnavalizada se faz justa, já que se encaixa perfeitamente dentro do espetáculo, de luz, cores, e criatividade do carnaval. 

                    Sinopse


O homem no espelho sonhava um sonho impossível
Em viver por todo infinito
Abraçar o mundo com seu ritmo
Como qualquer ser humano
Queria a paixão, como qualquer ser humano, sofreu.
Sem vergonha ou preconceito
Chorava suas emoções
O homem no espelho encontrou o amor perigoso em todos os lugares, num reino encantado ou numa esquina qualquer.
Seus pés deslizavam, sua alma voava
No palco era rei e com sabedoria reinava.
Era apenas um homem
Que a muitos incomodava
Foi muito criticado
O homem no espelho, não era perfeito, por vezes era “mau” chutava, gritava ameaçava se impunha, o homem no espelho “mau” era apenas um personagem da imaginação.
O homem...
Não é o que se lia nos jornais
Não é o que a mídia divulgava
Não era a foto da revista
Não pergunte aos seus inimigos
O homem. É o que é
O homem no espelho espalhava uma mensagem de paz, de união, amava a natureza e sua beleza.
O homem amava as pessoas, o homem no espelho queria curar o mundo.
Ele... O homem, em sua imaginação mostrou o medo, mostrou o terror, fez dele assustador, fascinante, ousado e dançante.
O homem no espelho nos contou historias, fez historia.
Passou depressa
Foi embora, sem avisar.
O homem se foi, sua obra ficou.





     Abertura

Comissão de frente: “Homens espelho”



Descrição da Fantasia: Como podem ver nas fotos na parte superior, seria uma fantasia completamente espelhada, embora pareça uma estatua, é um homem de verdade, com um terno e mascaras de espelhos em um conceito elaborado pelo fotografo americano Silversky.
A comissão de frente retrataria o reflexo dos homens, como eles se veem e como são vistos, em uma coreografia onde envolveria passos de Michael Jackson e samba, tudo de forma ágil, dando a entender que nosso reflexo muda rapidamente quando nos propomos a mudar.



.
Carro abre-alas: “Espelhos da alma” – Carro todo feito com espelho, na figura central Michael Jackson, em diferentes espelhos mostrando todas suas fases, em espelhos maiores figuras mundiais que buscaram o bem e a união como: Gandhi, Martin Luther King, Madre Tereza de Calcutá, o brasileiro Betinho, entre outros. Fantasiados como os personagens descritos, componentes representam as figuras de forma carnavalizada.

       1º Setor


Neste setor inicial apresentamos, canções do cantor que falam de AMOR, nelas ele deixa aflorar todo seu lado sensível, romântico e por vezes nostálgico. 

 

 

Ala (1) The Girl Is Mine – (A garota é minha)
Toda noite ela anda pelos meus sonhos
Desde que eu a conheci no começo
Sou orgulhoso de ser o único
Que é especial no coração dela
A garota é minha
A garota é minha
Eu sei que ela é minha
Porque a garota é minha

Descrição da Fantasia: Ala composta por homens e mulheres: Eles com uma fantasia parecendo um smoking e cartola (carnavalizado) e Elas lembrando os grandes bailes de gala da década de 30 e 40, muitas vezes retratados em filme, uma das paixões do cantor.




Ala (2) I Just Can't Stop Loving You - (Eu apenas não posso parar de amar você)
Eu apenas quero deitar ao seu lado por algum tempo
Olha você, tão linda está noite
Seus olhos estão tão solitários
Sua boca é tão doce

Descrição da fantasia: Fantasia em tom branco, com detalhes delicados em vermelho, o branco “simbolizando” ternura e o vermelho a paixão.


Ala (3) Human Nature – (Natureza Humana)
Alcançando á saída
Para tocar um estranho
Olhos elétricos estão em todo lugar
Veja aquela garota
Ela sabe que eu estou observando
Ela gosta do jeito que eu a encaro

Descrição da fantasia: A canção fala de como o ser humano custa a conhecer o outro, se tornando difícil o jogo de sedução, a ala retrata o quanto confusa são as pessoas e a “eletricidade” do encontro entre elas, a fantasia tem tons de vermelho, laranja cores fortes simbolizando o fogo, a eletricidade no encontro entre duas pessoas complexas, acompanha a fantasia óculos estilizados com lentes vermelhas.





Ala (4) Gone Too Soon – (Acabou tão rápido)
Como um cometa
Cruzando o céu ao anoitecer
Acabou tão rápido
Como um arco-íris
Sumindo em um piscar de olhos
Acabou tão rápido

Descrição da fantasia: Fantasia leve, em branco e amarelo, simboliza exatamente a falta de algo ou alguém, por isso menor, sem muitos detalhes.



       MESTRE SALA E PORTA BANDEIRA
               
                Black Or White – (Preto ou Branco)
                           Não me diga que concorda comigo
                       Quando eu te vi chutando poeira em meu olho
                       Mas, se você está pensando em minha garota
                       Não importa se você é preto ou branco


Descrição da fantasia: A fantasia do casal muito luxuosa, ela toda branca com cristais na cabeça detalhes em perolas, ele com uma fantasia preta, brilhante e cristais.


Ala (5) Remember The Time – (Lembra do tempo)
Você se lembra
Quando nos apaixonamos
Nós éramos tão jovens e inocentes então
Você se lembra
Como tudo começou
Isso simplesmente parecia o céu, então porque foi terminar?

Descrição da fantasia: (Ala das baianas) – A fantasias das nossas queridas baianas são extremamente luxuosas, em prata e ouro. O vestido em três camadas, o desenho das fantasias LEMBRAM traços da moda egípcia (Retratada no clip original da canção).


Carro (1) - You Are Not Alone – (Você não esta sozinho)
Mais um dia se passou
E eu continuo sozinho
Como pode ser?
Você não está aqui comigo
Você nem se despediu
Alguém me diga por quê
Você teve que partir
E deixar meu mundo tão frio?

Descrição do carro: Carro em branco e na cor creme, lembrando um pouco as ruinas gregas, duas figuras maiores em destaque com fantasias de cores claras e muito luxuosas, componentes do carro com fantasias menores lembrando roupas de arte grega, também esculturas gregas de deusas que representam o AMOR como HERA, deusa do amor e casamento, ARES deus da paixão.
Um carro com um desenho clássico tradicional, uma simples forma de representação da singeleza do amor.   (Livremente inspirado no clip da canção)






          2º Setor

Nesta segunda parte retrata as canções do cantor que trazem algum tipo de mensagem, seja preservar a natureza ou na proteção das crianças e seu futuro.

Ala (6) Earth Song – (Canção da terra)
E quanto ao nascer do sol
E quanto à chuva
E quanto todas as coisas
Que você disse que iríamos ganhar
E quanto aos campos de morte
Haverá um tempo
E quanto todas as coisas
Que você disse que eram seus e meus
Você já parou para notar
Todo o sangue que nós derramamos antes
Você já parou para notar
Esta Terra está chorando, ela está chorando litorais.


Descrição da fantasia: Ala onde vemos quatro grandes arvore retratada (todas morrendo) em meio a elas fantasias grandes retratando o verde das matas, detalhes como pequenas flores, muito delicadas.





Ala (7) The Lost Children – (As crianças perdidas)
Então reze por todas as crianças perdidas
Vamos rezar por todas as crianças perdidas
Apenas pense em todas as crianças perdidas, desejando-as o bem.
Esta é para todas as crianças perdidas
Esta é uma para todas as crianças perdidas
Apenas pense em todas as crianças perdidas
Desejando-as o bem, desejando-as um lar.

Descrição da fantasia: Ala das crianças: A fantasia consiste em mostrar as crianças como anjos indefesos, branca com detalhes em vermelho (sangue) asas quebradas, mostrando as crianças do mundo maltratadas.


Ala (8) We Are The World – (Nós somos o mundo)
Nós somos o mundo, nós somos as crianças.
Nós somos aqueles que fazem um dia iluminado
Então vamos começar a dar
Existe a escolha que estamos fazendo
Que estamos salvando nossas próprias vidas
É verdade que estamos fazendo um dia melhor
Só eu e você

Descrição da fantasia: Ala com roupas típicas de diferentes países, exemplos: Japão, Índia, Egito, Alemanha, África todas carnavalizadas, mas com o seguinte diferencial, os africanos, vestem a roupas típicas dos Alemães, os japoneses dos egípcios, e por ai vai, para representar que todos são iguais, todos somos o mundo.



Carro (2) Heal The World – (Cure o mundo)
Cure o mundo
Faça dele um lugar melhor
Para você e para mim
E toda a raça humana


Descrição do carro: Na alegoria vemos no fundo nos lados do carro um cenário de guerra e destruição, ruinas, tranques de guerras, ao centro e a frente vê um cenário de paz, o encontro entre religiões, cores. Reconstrução, crianças, brincando, jogos.
Tudo isso devidamente distribuído para evitar poluição visual.
                                    
  
                                         








         3º Setor
  
Nesta terceira parte apresenta canções do cantor onde retrata as mulheres, ou melhor, as garotas de sua vida, Michael sempre as retratou de forma complexa e perigosa.

Ala (9) Slave To The Rhythm – (Escrava do ritmo)
Ela dança nos lençóis à noite
Ela dança para as necessidades dele
Ela dança até que ele apenas se sinta bem
Até ele adormecer

Descrição da fantasia: Ala só de mulheres, de fantasias leves parecendo roupas velhas e rasgadas, feitas de panos velhos, dando a entender, lenções como retrata a canção.

Ala (10) The Way You Make Me Feel – (O jeito que você me faz sentir)
O jeito que você me faz sentir
(O jeito que você me faz sentir)
Você realmente me excita
(Você realmente me excita)
Você me tira fora dos meus pés
(Você me tira fora dos meus pés)
Meus dias de solidão se foram
(Meus dias de solidão se foram)

Descrição da fantasia: Ala de homens e mulheres com fantasias duplas, eles com uma fantasia em preto e azul, grande, elas com fantasia preta justa, colocada mostrando o contorno do corpo. Retratando a sensualidade da canção.




Ala (11) Blood On The Dance Floor – (Sangue na pista de dança)
Susie tem seu número
E Susie não é sua amiga
Olhe quem levou você pra baixo
Com sete polegadas do pecado
O sangue esta na pista de dança
O sangue esta na faca
Susie tem seu número
E Susie diz que é certo

Descrição da fantasia: Será uma ala, mas dividida em duas, uma COREOGRAFADA: A primeira representa os homens e mulheres na pista de dança, fantasias grandes em cores fortes.

 A segunda coreografada: serão casais todos de vermelho representando a dança do clip da musica, mas claro incluindo alguns passos de samba.




Carro (3) Billie Jean – (Billie Jean)
Billie Jean não é minha amante
Ela só é uma garota que afirma que eu sou o tal
Mas a criança não é meu filho
Billie Jean não é minha amante

Descrição do carro: O carro de sua metade pra trás, seria prédios, nas janelas, vemos mulheres, algumas nuas, outras representando prostitutas, “mulheres suspeitas”.
De sua metade pra frente, o carro nos mostra ruas de cidade, suja, feia, pichada, podemos ver uma escadaria, onde os personagens passam e os DEGRAUS SE ILUMINAM (Livremente inspirado no clip da canção) nos prédios por vezes em imagens projetadas vemos Michael Jackson em diversos momentos.


          
                                          4ºSetor

Neste quarto setor, mostramos canções mais “ásperas” do cantor, nelas ele demostra toda sua frustração pelas especulações e mentiras que envolvem seu nome, e a falta de privacidade.


Ala (12) Scream – (Gritar)
Pare de me pressionar
Apenas pare de me pressionar
Pare de me pressionar
Me faz querer gritar
Pare de me pressionar
Apenas pare de me pressionar
Pare de me pressionar
Me faz querer gritar

Descrição da fantasia: Esta ala é livremente inspirado no quadro “0 grito” de Edvard Munch, cores e desenho semelhante a obra retratam a agonia da canção.




Ala (13) Tabloid Junkie – (Mentiras no Jornal)
Especule para destruir quem você odeia
Publique a mentira que arranjou
Assassinato e mutilação
A mídia persegue em histeria
Quem será a sua próxima vítima?


Descrição da fantasia: A ala representa os jornais, todas de recortes, tudo em TIRAS cortadas, formando notícias e imagens do cantor.




Ala (14) Money – (Dinheiro)
Dinheiro...
Dinheiro...
Minta por ele
Espione por ele
Mate por ele
Morra por ele

Descrição da fantasia: Uma ala onde a fantasias terá o desenhos de notas de dólares, cobertos de sangue, nas mãos cada componente terá uma arma, homens revolveres, mulheres facas.


Ala (15) Privacy – (Privacidade)
As fotos não são suficientes, por que você passa por muito
Para pegar a história que você precisa, para poder me enterrar
Você deixa as pessoas confusas, você conta as histórias que você escolhe
Você tenta mudar o homem que eu realmente sou
Você continua me assediando, invadindo minha privacidade
Você não vai me deixar ser
Porque suas câmeras não podem controlar, as mentes de quem sabe
Que você vai mesmo vender sua alma só para ter uma história vendida


Descrição da fantasia: A ala representa o “paparazzi” uma fantasias de cores fortes, alguns com maquinas fotográficas outros com câmeras de filmagens, nas lentes um liquido ou material parecido com sangue.




Carro (4) Stranger In Moscow – (Estranho em Moscou)
Aqui abandonado na minha fama
Armagedom do cérebro
KGB esteve me interrogando
Pegue meu nome e me deixe apenas ser
Então um menino pedinte chamou meu nome
Dias felizes irão afogar a dor
Adiante e adiante e adiante ele veio
Na chuva, e novamente e novamente
Pegue meu nome e me deixe apenas ser




Descrição do carro: O carro representa a passagem do cantor pela Rússia a falta de privacidade em meio a diversas acusações e as desconfianças. Vemos, o Kremlin e a praça vermelha em Moscou, mas todo em cores apagadas, como CINZA, PRETO, componentes vestidos de soldados russos mas com câmeras são visto, o dois destaques com fantasias grandes e luxuosas também estão no carro, as únicas cores vivas são do personagem representando Michael (de forma carnavalizada também) e seus seguranças.



          5ºSetor
O quinto setor mostra o personagem “mau” que Michael se fez passar inúmeras vezes, retratados em suas canções. Isso se tornou uma das marcas registradas do cantor.

Ala (16) They Don't Care About Us – (Eles não ligam pra gente)
Skinhead
Fãs do Grateful Dead
Todo mundo
Firamas loucos
Trepidação
Especulação
Todo mundo
Alegação
No quarto
Nas notícias
Todo mundo
Comida de cachorro
Homem negro
Chantagem
Jogue o cara
Na cadeia
Tudo que quero falar
É que eles não ligam pra gente
Tudo que quero falar
É que eles não ligam pra gente

Descrição da fantasia: Ala dividida em duas, que representa dois grupos que semeiam a maldade os Skinhead e a Ku Klux Klan. Fantasia de tamanho médio carnavalizadas.



Ala (17) Beat It – (Cai Fora)
Apenas caia fora, caia fora, caia fora
Ninguém quer ser derrotado
Mostrando quão covarde e forte é sua luta
Não importa quem está errado ou certo

Descrição da fantasia: Fantasia toda na cor vermelha, com detalhes lembrando a famosa jaqueta vermelha do clássico clip.



Ala (18) Bad – (Mau)
Porque sou mau, sou mau
Vamos lá
(Mau, mau - realmente, realmente mau)
Você sabe que sou mau, sou mau
Você sabe
(Mau, mau - realmente, realmente mau)
Você sabe que sou mau, sou mau
Vamos lá, você sabe
(Mau, mau - realmente, realmente mau)
E o mundo inteiro irá responder agora
Só vou te dizer mais uma vez
Quem é mau?


Descrição da fantasia: BATERIA: o pessoal da bateria virá com uma fantasia que é um macacão, todos estilizado, lembrando a tradicional roupa preta do clip e da capa do CD.




Ala (19) Dirty Diana – (Diana Indecente)
Ela diz que tudo bem
Querido, faça o que quiser
Serei sua amante esta noite
Serei a esquisita que você pode zombar
E não me importam suas palavras
Eu quero ir bem longe
Serei tudo para você
Se fizer de mim uma estrela


Descrição da fantasia: PASSISTAS: As meninas virão com uma fantasia bem “rock and roll” muito sensual, vestido e sainha que lembram roupas de rock dos anos 80.



Ala (20) Blue Gangster – (Gangster rancoroso)
O que você vai fazer, porque eu vou pegar você
Não há como correr, não há como se esconder
Todas as coisas que você disse
Tudo que você fez para mim

Descrição da fantasia: ALA DO COMPOSITORES: Nossos poetas vem representando gângsteres, com tradicionais ternos e chapéus e capa, de forma carnavalizada com um certo brilho e luxo sem exageros.


 
Carro (5) Smooth Criminal – (Criminoso Ardiloso)
Assim que ele entrou pela janela
Ouviu-se um som um estrondo
Ele entrou no apartamento dela
Ele deixou a mancha de sangue no tapete
Ela correu para debaixo da mesa
Ele podia ver que ela estava incapacitada
Então ela correu para dentro do quarto
Ela foi golpeada, era o seu destino


Descrição do carro: O carro representa um grande salão, o designer do carro, e sua decoração lembra os antigos filmes noir de máfia. No fundo do carro, vemos escadas, onde componentes dançam, logo acima, alguns “tapumes” onde projetada a luz, bailarinos aparassem gigantes dançando. Mas a frente temos duas esculturas de grandes “vitrolas” antigas, e esculturas de armas. A frente do carro, mesas e cadeiras e componentes elegantemente vestidos com roupas da época, alguns garçons, no centro vemos dançando, cerca de 14 homens de terno preto riscado da época, e junto um homem (representando Michael Jackson) de terno branco, camisa azul, gravata branca, chapéu branco e uma braçadeira azul.




      
         6ºSetor
No sexto e último setor mostraremos um Michael Jackson inventivo, apaixonado por filmes de terror, ele compôs algumas músicas relacionado a medo, terror, pavor, a imaginação do cantor voou por lugares sombrios e assustadores.



Ala (21) Ghosts – (Fantasmas)
Há um fantasma no corredor
Há um vampiro sobre a cama
Há alguma coisa nas paredes
Há sangue sobre a escada
E está flutuando através da sala
E não há nada que eu possa ver
E eu conheço sua melodia inquieta
Porque agora está me assombrando

Descrição da fantasia: Uma ala dividida em duas: Primeira fantasma, grande, toda branco, detalhes em azul, máscara com uma fase obviamente horrível uma grande boca aberta.

Segunda fantasia: Vampiros, carnavalizado, preto, detalhes em vermelho lembrando sangue, rosto do componentes pálidos, pintura sangue escorrendo na boca.



Ala (22) Is It Scary (Isto é assustador)
Há um zumbi debaixo da cama
Agora está vindo através das paredes
Agora sobe as escadas o esqueleto
Há um espírito no escuro
Ouça o batimento do seu coração
Você pode sentir isso no ar?
Porque eles estão escondidos em todos os lugares


Descrição da fantasia: Ala dividida em três.

Primeira: fantasia Os esqueletos, malha preta, por cima representação do corpo de esqueleto, material leve para facilitar a evolução do componente.

Segunda: Os espíritos, fantasia toda preta grande, com leves “borrões” em branco, representando a materialização.

Terceira: Os zumbis, vemos uma maquiagem obviamente representando uma fase em decomposição, a roupa toa suja e rasgada, representando roupas de época de algum período colonial.



Carro (6) Thriller – (Terror)
Porque isso é terror
Noite de terror
E ninguém vai te salvar
Da fera pronta para atacar


Descrição do carro: No fundo do carro vemos a entrada de um cinema, cartazes de filmes de terror, a bilheteria, tudo velho, caindo aos pedações, nos dois lados do carros, vemos duas esculturas gigantes de lobisomem. A frente vemos um cemitério, vários túmulos, deles saindo mortos vivos, um pouco de gelo seco, para dar um clima, em meio ao centro uma figura feminina corre desesperada, fugindo dos zumbis, uma figura toda de vermelho que representa Michael como zumbi, ele dança com outros zumbis e lobisomens no centro do carro. 


          Fechamento do desfile

Ala (23) VELHA GUARDA: History – (História)
Todo dia crie sua história
Cada caminho que você toma você está deixando seu legado
Cada soldado morre em sua glória
Toda lenda fala sobre conquista e liberdade


Descrição da fantasia: Nossos mentores, a sabedoria da escola, fecham o desfile com uma fantasia que representa a roupa de gala dos militares, claro levemente carnavalizada. Como diz a letra da canção, eles criaram história, deixaram um legado, e terão a gloria, do samba.




                               FIM

                         
                          Abaixo algumas observações !!!

                 Observações
Algumas alas estão divididas em duas e até três partes, fiz desta maneira para dar um melhor sentido e para melhor se entender, cada elemento colocado nas alas fazem parte de uma determinada canção, elas fazem parte de uma história contada na música, separar em alas diferentes quebraria todo o sentido da letra e prejudicaria a visualização.
Cada ala tem o nome de uma canção, coloquei junto a tradução para facilitar a compreensão e parte da letra para mostrar do que fala e também mostrar que a fantasia tem a ver com a canção(ALA) exibida na avenida.

 Peço aos julgadores que olhem com carinho o enredo proposto, eu poderia ter escolhido artistas brasileiros como Cartola, Chico Buarque entre outros e falar de suas obras, mas resolvi sair do obvio e procurar algo que pudesse gerar um visual diferente, tenho a consciência que este enredo pode causar um certo preconceito junto aos mais tradicionalistas por não ser algo relacionado a nossa cultura, mas peço mais uma vez que olhem com carinho, fechem os olhos e imaginem na avenida, creio que seria algo diferente saindo da mesmice que muitos de nós reclama que está se tornando o carnaval.

Agradeço a atenção ... Abraço a todos !!!



Marcadores